sábado, 6 de outubro de 2012

Interregno...

Meus caros amigos, por agora irei suspender a minha participação no Fórum Marvão. Não o faço por qualquer razão especial, mas por uma percepção que talvez este espaço já não esteja a cumprir aquilo que esteve na sua génese e era o seu desígnio.

Durante 4 anos e meio, apesar de achar que este espaço deveria ser um projecto colectivo de todos os marvanenses que quisessem participar, aqui tentei estar sempre presente, e com alguma assiduidade de forma a alimentar um espaço que se quer vivo, como provam os cerca de 600 Posts que aqui publiquei (52% do total). Reconheço, no entanto, que os tempos e a conjuntura não vão de feição, e, não são propícios para estas aventuras.

No que me diz respeito, tentei sempre fazer aquilo que me comprometi perante o grupo de amigos que criaram este Espaço. Aqui me expus com as minhas ideias, opiniões, críticas e contraditórios. Como tudo na vida, umas terão sido boas, outras assim-assim, e as restantes nem por isso. Não tive nunca a intenção de exprimir aqui opiniões para agradar a maiorias, escrever aquilo que as pessoas querem ler ou ouvir é fácil, mas não contem comigo.

Não perderei muito tempo com mais avaliações ou explicações sobre a minha participação no Fórum, isso competirá aos cerca de 230 000 visitantes que ao longo destes 4 anos aqui vieram, com as mais diversas intenções.

No entanto o Fórum Marvão continua, e aqui irá continuar para todos aqueles que espero saibam dar continuidade. Desejo a maior sorte do mundo. Eu, por agora vou fazer um intervalo.

Para mim foi uma experiencia única. Obrigado ao Fórum....

João Bugalhão

4 comentários:

298 - Manuel Andrade disse...

Caro Bugalhão

Os tempos que correm são realmente de muita, mas muita reflexão. É que chegou a 'factura' e nós julgámos que estava tudo pago ...
Mas deixar a nossa postura para um interregno logo agora que precisamos de todos, porque somos poucos, é que não estou a entender.
Havendo razões de saúde, percebe-se.
Tristeza acumulada pelas más prestações do Sporting, não cabe, porquanto sempre o julguei Benfiquista.
Então o que será?

Há tempos demos conta do fecho do Blogue do Pedro Sobreiro, mas ressalvadas as devidas distâncias, este espaço é muito mais importante. E as suas intervenções são-no importante pois conduzem à reflexão necessária.

Muitas vezes, podemos nada resolver, mas ao menos agitamos consciências. Imaginava-se há um ano que surgisse um economista em casa de cada um?

Temo é que com todas estas 'desistências' fique a comunidade ainda mais pobre.

Aguardo, não a sua reacção, mas sim o seu regresso imediato ao lugar de intervenção que nos habituou.

Seja-me permitido enviar-lhe um abraço.

Tiago Pereira disse...

É com tristeza que (re)leio esta notícia. Este espaço, que sempre tentou ser plural e primar pela liberdade de opinião, teve no João o seu principal dinamizador e administrador. Perde o debate e troca de ideias em Marvão, como tem perdido sempre nos últimos anos – e acho que aqui não é necessário recorrer a exemplos. Compreendo os motivos e a desmotivação, mas espero sinceramente que seja um “até já” breve, sob pena deste espaço ficar reservado ao abandono. Melhores tempos virão, digo eu! Ainda assim Obrigado!

Felizardo Cartoon disse...

Foi um grande contributo, aquele que o João emprestou, de uma forma desinteressada, a este espaço de opinião.
Nem sempre terá sido muito compreendido, por alguns, mas também é mau sinal, quando se agrada a todos.
Na parte que me toca foi um privilégio, ter lido as suas opiniões, regra geral, assertivas e contundentes!
Cumprimentos!
Hermímio

Unknown disse...

Nem sempre com o desinteresse proclamado, mas normalmente com mais desinteresse do que muitos eventualmente pensavam, o amigo JBuga, ultimamente quase só, tem mantido este espaço vivo… Concordando ou discordando das suas opiniões, considero que se tratou de verdadeiro trabalho público (não remunerado). Uma das características que diferencia uma comunidade democrática (de outra qualquer) é a existência de uma comunicação social livre. Não tendo Marvão qualquer publicação, este espaço (penso) vem desempenhando, há já alguns anos, esse papel. Um espaço de notícia, de opinião, de crítica e de debate até pode apoiar aqueles que se julgam por ele “atacados”, porque lhes proporciona ideias, os mantém alerta e, eventualmente, até os pode ajudar a melhorar o seu desempenho (remunerado)… A ideia base da construção deste espaço foi a contribuição diversificada e plural, sempre baseada em princípios de respeito e boa educação; e nunca no ataque pessoal. Se os princípios foram conseguidos, a pluralidade tem deixado muito a desejar… Era importante que mais se envolvessem neste projecto. Sobretudo aqueles que vivem Marvão na sua plenitude. Até porque são esses que mais beneficiariam… Porque gosto de Marvão, faço votos que este espaço possa continuar. Cumprimentos. Bonitos Dias